51 3713 8100

Enquanto os morangos não chegam Última atualização em, 13 de abril de 2017

Dona Ivone dispensa o chapéu e mostra a propriedade até chegar na lavoura onde está o marido. “Boa tarde, moço”, brinca. Seu Renê retribui com um sorriso mostrando que a relação de companheirismo entre os dois vai muito bem. 

 

Da casa até as plantações, o caminho é cheio de novidades nas terras dos Goettms, em Capão da Cruz. Têm pés de laranjeira, caqui, bergamota, parreiral, açude, e oito canteiros prontos para receber quatro mil mudas de morangos.  “Agora em abril é a época de se plantar os moranguinhos”, conta. Com o trator da família, ele contorna os canteiros retangulares com um equipamento chamado de rotativo. Mas a colheita do fruto será somente em agosto. 

Enquanto isso, ele e o genro, Marcos, dedicam-se nos cuidados com as alfaces e os repolhos.

Ivone e a filha, Cátia, ocupam-se com as cucas e pães . 

 

Os produtos da família Goettms são sempre encontrados na Feira Rural do bairro Esmeralda. Renê, de 55 anos, tem uma vida inteira dedicada ao trabalho. Ainda pequeno, quando morava em Linha João Alves, aos sete anos de idade, acompanhava os pais, Almiro e Lúcia que, de carroça, vendiam produtos na região central da cidade. 

A Feira Rural do bairro Esmeralda atende nas terças à tarde, das 14 às 18 horas, e aos sábados, das 6h ao meio-dia. 

 

Compartilhe:
Prefeitura de Santa Cruz Suporte Técnico: DTIC/SMF
ti@santacruz.rs.gov.br
Desenvolvido por DROP