51 3713 8100

Prefeitura e BB assinam contrato para compra de equipamento e maquinário Última atualização em, 10 de julho de 2018

Duas operações de crédito, no valor global de R$ 6,2 milhões, garantirão a compra de equipamentos de informática e de maquinário para a Prefeitura de Santa Cruz do Sul. Os contratos com o Banco do Brasil, dentro do Programa Eficiência Municipal, foram assinados na tarde desta terça-feira, dia 10, pelo prefeito Telmo Kirst e por representantes da instituição bancária.

 

Um dos financiamentos, no valor de R$ 1,2 milhões, será utilizado na aquisição de microcomputadores, notebooks, impressoras e outros equipamentos de informática para modernização da gestão. Os equipamentos serão distribuídos entre as secretarias de Administração e Transparência (Seat), de Planejamento e Gestão (Sepog), de Comunicação (Secom), de Fazenda (Sefaz), Gabinete do Executivo e Procuradoria Geral do Município (PGM).

 

O segundo financiamento, no montante de R$ 5 milhões, será destinado à área de infraestrutura viária para aquisição de máquinas e equipamentos rodoviários. A frota da Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura (Seoi) será renovada com a compra de caminhão comboio, motoniveladora, escavadeira hidráulica, vibroacabadora, rolo compactador de pneus, empilhadeira, trator de esteira, mini pá carregadeira, unidade produtora de bloquete e pavimentadora. 

 

Na ocasião o prefeito ressaltou a saúde financeira do Município e disse que os financiamentos adquiridos estão dentro da capacidade de endividamento da prefeitura, que também vem realizando investimentos com recursos próprios. No caso específico da operação para a compra de máquinas pesadas, ele disse que a medida repercutirá consideravelmente na redução dos gastos com a contratação de terceiros. “São aquisições que se traduzem como modernidade da Administração Pública”, observou.

 

De acordo com o secretário municipal de Obras, Leandro Kroth, a máquina para produção de bloquetes terá o triplo da capacidade da atual e necessitará de menos mão de obra na operação. Para colocar em funcionamento a antiga máquina, que encontra-se interditada, eram necessários 15 homens e com o novo equipamento bastarão apenas cinco servidores. “Além de otimizar a mão de obra teremos uma produção superior para atender as necessidades da comunidade”, afirmou. 

 

Participaram do ato de assinatura dos contratos, os secretários de Obras, Leandro Kroth, de Fazenda, Álvaro Conrad, de Planejamento, Jeferson Gerhard, de Administração, Vanir Ramos de Azevedo, de Comunicação, Régis de Oliveira Júnior, e a procuradora geral Tricia Schaidhauer. Pelo Banco do Brasil estiveram presentes a gerente de relacionamento Silvia Fernanda Furtado dos Santos e o gerente geral Isael Rodrigo Kremer.

Compartilhe:
Prefeitura de Santa Cruz Suporte Técnico:
suporte@santacruz.rs.gov.br
Desenvolvido por DROP