51 3713 8100

Última atualização em, 13 de abril de 2017Regularize Cidadão

O contribuinte já pode ir se programando porque vem aí mais uma edição do Programa Regularize Cidadão. Criada em 2014, a iniciativa oportuniza aos cidadãos com débitos relativos a tributos municipais, quitar suas dívidas de modo rápido, prático e direto, sem formalismos e nem burocracia. As vantagens nesta oportunidade são maiores que as oferecidas nas últimas duas edições, com descontos escalonados que variam de 50 a 100% nos juros de mora e multa.

Contribuintes - pessoa física ou jurídica - que possuam quaisquer tipos de débitos com o município, independente de estarem inscritos em dívida ativa, e mesmo aqueles que já possuem parcelamento e reparcelamento em programas anteriores, podem acessar o Regularize. Quem quiser garantir isenção total nos juros, ou seja, 100% de desconto, deverá efetuar o pagamento em quota única, impreterivelmente, até o dia 31 de julho.

Já quem protelar o pagamento, também poderá se beneficiar dos descontos, porém eles serão menores. Até o dia 31 de agosto a redução nos juros de mora e multa é de 90
%; até 29 de setembro de 80%; até o dia 31 de outubro de 70%; até o dia 30 de novembro é de 60%; e até o dia 22 de dezembro. Para o caso de parcelamento da dívida, a primeira prestação deverá ser paga no ato do parcelamento, cuja data limite é 31 de julho. Já a última parcela deverá ser quitada até 22 de dezembro.

O Regularize Cidadão abrange tributos como IPTU, ISSQN, taxa de água, telefonia, gavetas mortuárias, Proager, calçamento em parceria, entre outros. No entanto, é necessário que esses débitos tenham sido contraídos até a data de 31 de dezembro de 2016. O diferencial este ano, com relação às edições passadas, é a incidência de desconto também sobre a multa, o que não ocorreu em 2015, quando o benefício era calculado somente sobre os juros de mora.

No caso de pessoas que já possuam parcelamento ou reparcelamento de tributos, a quitação à vista com desconto se dará somente sobre o saldo remanescente. Valores pagos ou lançados não estarão sujeitos a nenhum tipo de recálculo ou revisão. Já débitos tributários, objeto de execução fiscal na qual tenham sido efetuados depósitos judiciais, ou com valores bloqueados, não serão contemplados pelo programa.

 

Benefícios do programa vão muito além dos descontos

 

Os benefícios para quem aderir ao Programa Regularize Cidadão são muitos. Além da possibilidade de quitar o valor total da dívida sem desembolsar nada em juros e multa ou garantir descontos escalonados no caso de pagamento parcelado, ao ficar em dia com a Fazenda Municipal, o contribuinte pode participar de licitações públicas e demais programas de incentivo, obter certidão negativa do Município para financiamentos imobiliários, vender ou comprar imóvel livre de débitos, além de não correr o risco de ter a sua dívida encaminhada para execução judicial ou para protesto.

Para aderir ao Programa Regularize Cidadão 2015, é necessário comparecer pessoalmente na Secretaria Municipal de Fazenda, na Rua Borges de Medeiros, nº 650. A sugestão é que as pessoas não deixem para a última hora, a fim de evitar filas e demora no atendimento. Melhor ainda é fazer o agendamento pelos telefones (51) 3713 8143 e (51) 3713 8193.



Veja abaixo uma simulação para os casos de pagamento à vista ou parcelado:

1) Considerando que o contribuinte tenha um débito atualizado de R$ 1.000,00, sendo destes R$ 350,00 de juros e multas.
Exemplo para pagamento em quota única:


1) Considerando que o contribuinte tenha um débito atualizado de R$ 1.000,00, sendo destes R$ 350,00 de juros e multas.



Pergunta : Quem pode participar do Regularize Cidadão?
Resposta: Contribuintes - pessoa física ou jurídica - que possuam quaisquer tipos de débitos com o município, independente de estarem inscritos em dívida ativa. Também aqueles que já possuem parcelamento e reparcelamento em programas anteriores, podem acessar o Regularize.



Pergunta: Quanto de desconto posso conseguir através do programa?
Resposta: Os descontos variam de 50% a 100% nos juros e multa, conforme a forma de pagamento, se à vista ou parcelado.



Pergunta: Até quando vale o desconto?
Resposta: Quem quiser garantir 100% de desconto, deverá efetuar o pagamento em quota única, impreterivelmente, até o dia 31 de julho. Aqueles que optarem por pagar mais adiante têm que observar as seguintes datas: até 31 de agosto o desconto é de 90%; até 29 de setembro de 80%; até 31 de outubro 70%; até o dia 30 de novembro de 60%; e até 22 de dezembro de 50%. Para conseguir o desconto de 50% no parcelamento, é preciso pagar a primeira prestação no ato do contrato, cuja data não poderá ultrapassar o dia 31 de julho.



Pergunta: Posso parcelar apenas parte dos débitos?
Resposta: Sim. É possível pagar a dívida de determinado exercício financeiro à vista e parcelar as de outros.



Pergunta: Os débitos de 2016 em atraso também têm desconto ou podem ser incluídos no parcelamento?
Resposta: Somente débitos constituídos após 31 de dezembro de 2016 não poderão ser incluídos.



Pergunta: Qual o valor de entrada mínimo para o parcelamento?
Resposta: O valor da parcela mínima é de R$ 87,33.



Pergunta: Como posso consultar meus débitos?
Resposta: É preciso comparecer pessoalmente na Secretaria Municipal de Fazenda, na Rua Borges de Medeiros, nº 650. O horário de atendimento é das 7h45min às 11h45min e das 13h30min às 17h, de segunda a sexta-feira.



Pergunta: Como faço para aderir ao programa?
Resposta: Para aderir ao Programa Regularize Cidadão, é necessário comparecer à Secretaria Municipal de Fazenda, na Rua Borges de Medeiros, nº 650. Mais informações pelos telefones (51) 3713 8143 e (51) 3713 8193.

 

Vídeos:

 

 

 

Prefeitura de Santa Cruz Suporte Técnico: DTIC/SMF
ti@santacruz.rs.gov.br
Desenvolvido por DROP